Dia de festa

 Juca, você tem quase 20 anos e a vida em breve vai te cobrar atitudes de um homem. Oswaldo começa um novo emprego amanhã,sua mãe cuida do seu pai e seus irmãos ainda podem desfrutam as alegrias da infância.Enquanto conversávamos na sala decidi fazer isso por você. Eu nunca tinha usado aquilo.Confesso que me senti honrado, porém meio desconfortável. A camisa cinza e a calça preta ficaram ótimas, parece que haviam sido feitas para mim.O chapéu dava o ar de autoridade que eu deveria ter a partir daquele dia. O cinturão e as esporas de ouro traziam as iniciais do meu pai, Frederico Neves.Pensei que o emprego do Oswaldo seria o meu, mas depois soube que quem apronta demais não tem muita escolha e tem que fazer o que aparece. Quando meu pai ficou cego eu tinha 5 anos e vi toda a cena.Era um domingo de festa e a família toda veio para torcer por ele.A cidade esta enfeitada, as crianças correndo nas ruas, os bondes parados nos pontos.Minha mãe tinha a Feliciana no colo e Darci na barriga; Oswaldo e eu éramos meninos bem espertos,levados.E estar ali era um sonho de toda criança da cidade.No palco, meu pai brincava com fogo e rodas de facão.Pulava, girava, abria a camisa e passava a tocha incendiada pelo peito forte, tirando um ÓHHHH da platéia. Ao lado do seu palco estava jaula de leões.Conheci alguns meninos que perderam o dedinho num dia de fome desses bichos.

Minha mãe ordenava para que ficássemos bem longe da jaula de leões, macacos e elefantes. Animal faminto é morte na certa, alertava. Meu pai era o dono do último número da festa: o arco mortal. Tinha facas por todos os lados, algumas grandes e outras pequenas, Vi meu pai sem camisa e seu cinto e esporas brilhavam com a luz do fogo no palco Ele chicoteava e esbravejava. Todo o povo largava tudo para ver esse número.

artes.clausp
artes.clausp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Editor's Pick

Recent Reviews

Socials Share

Facebook
Twitter
LinkedIn

SanFair Newsletter

The latest on what’s moving world – delivered straight to your inbox